Oi corta 400 postos de trabalho

“BNDES diz que compra da BrT pela Oi não terá demissão”
A informação publicada no site do Ministério do Planejamento, em 15/02/2008, contradiz com matérias publicadas nos sites do Estadão e Folha Online, de hoje, onde se informa o corte de corta 400 vagas gerenciais. A matéria do Estadão cita ainda que “A manutenção do número de postos de trabalho por três anos foi um dos compromissos firmados pela Oi…”.
A empresa informa que vai ampliar o número de postos de trabalho neste ano. Mas como ficam as demissões frente ao publicado no site do Governo Federal? Num momento de crise, e com a participação acionária dos Fundos de Pensão na BrT-Oi, a história é, no mínimo, muito estranha e incoerente.

Tags: ,

Leave a Reply