Conflito Religioso gera mais violência!

De volta ao Paquistão depois de 30 horas de viagem e 10 dias muito bons em São Paulo.
Foi ótimo ver a família e os amigos. Matei a saudade da comida brasileira e descansei bastante – muita chuva e frio ajudaram.
Hoje, quando entrei em casa, em Islamabad, no Paquistão, lindas flores esperavam por mim. Foi uma boa e alegre surpresa depois de uma canseira no aeroporto. Uma “big” fila na imigração e depois mais uma hora até a minha mala aparecer.
A minha empregada trouxe o jornal “Dawn“, do qual sou assinante, para eu ler. Ela é cristã e está preocupada com a situação por aqui. A notícia principal do jornal era sobre mais um conflito interno. Não bastassem todos os problemas que os paquistaneses enfrentam, parece que o conflito religioso pode se aprofundar. Na região de Faisalabad, em Gojra, onde moram os pais da minha empregada, a violência contra a comunidade cristã gerou sete mortes, incluindo crianças. Todos foram queimados vivos em suas casas por uma turba enfurecida. A causa foi um problema de desrespeito ao “Sagrado Corão” durante uma cerimônia de casamento. Foram dois dias de violência onde dezenas de casas foram queimadas.
A polícia já efetuou várias prisões, mas tudo aqui parece um barril de pólvora, prestes a explodir. O comentário era que ainda bem que os cristãos não retaliaram com violência. Promoveram somente protestos pacíficos pedindo justiça.

Enterro cristão para as vítimas do conflito

Enterro cristão para as vítimas do conflito - Dawn / AP photo

Tags: , , , ,

One Response to “Conflito Religioso gera mais violência!”

  1. Paulão, nosso correspondente no Paquistão,
    parece mesmo que os conflitos religosos são os mais sangrentos e mais difíceis de administrar. Muito legal ter notícias assim.
    Você realmente não perde a viagem.

Leave a Reply