Posts Tagged ‘Hindu’

Em Kathmandu, Nepal, para um Workshop sobre Plano de Continuidade de Negócios

Sunday, August 9th, 2009

Business Continuity Plan – BCP – ou em português, Plano de Continuidade de Negócios. Segundo a Wikipédia é o “desenvolvimento preventivo de um conjunto de estratégias e planos de ação de maneira a garantir que os serviços essenciais sejam devidamente identificados e preservados após a ocorrência de um desastre”. O tema tem tudo a ver com o meu trabalho de Gerente de TI, para a UNICEF, no Paquistão, onde vivemos em uma situação de emergência permanente.

Em junho deste ano, participei, por dois dias, em um Workshop em Kathmandu,sobre Plano de Continuidade de Negócios. Particiapram pessoas de TI e Operações de diversos países da região, como Índia, Butão, Afeganistão, Paquistão, Nepal, Sri Lanka e Ilhas Maldivas.

Templo budista Boudnath

Templo Budista Boudnath

Mandala - Cooperativa no templo budista Boudnath

Desenhando a Mandala - Cooperativa no templo Budista Boudnath

Templo budista Boudnath

Templo Budista Boudnath

Tudo muito interessante, e para mim, novo na organização, uma grande oportunidade de aumentar o networking, aprender e interagir com meus colegas. Como sempre faço, quando viajo a trabalho, vou dar uma volta na cidade, ver os aspectos culturais, apreciar a comida e os costumes locais. E também comprar lembranças e presentes para a família.

Templo dos Macacos

Templo dos Macacos

O Templo dos Macacos

O Templo dos Macacos

Simplesmente amei Kathimandu. Cheguei um dia antes, vindo de Karachi no Paquistão. Aproveitei a tarde livre e fui à luta. Aluguei um táxi no hotel e fui rodar pela caótica e linda cidade. Entre outros lugares visitei o Monkey Temple (Swayambunath Stupa), o templo hindu Pashupatinath e o templo budista Boudnath, que fica no meio do bairro budista da capital.

Cremação no Templo hindu Pashupatinath

Cremação no Templo Hindu Pashupatinath

Cremação no Templo hindu Pashupatinath

Cremação no Templo Hindu Pashupatinath

Pashupatinath é um impressionante templo hindu. Fica às margens do Rio Bagmati, local de cremações no Nepal. Fiquei muito, mas muito impressionado. Tem lugar para cremações de pobres e de ricos. Os ricos são queimados em madeira de sândalo. Quando cheguei aconteciam seis cremações simultâneas. Além das pessoas, macacos soltos vivem ao redor dos templos. Uma variedade de tipos vivem e sobrevicem do templo, são guias, monges, turistas, macacos, funcionários e nem sei mais o que. Tudo combina com o que é Kathmandu.

O cheiro do lugar de cremações é de churrasco queimado. Um indiano, amigo do meu filho, que esteve num Fórum Social em Porto Alegre, quando sentiu o cheiro dos famosos churrasquinhos que se vendem nas ruas comentou que é o mesmo cheiro dos templos de cremações da Índia. É um bom argumento para se virar vegetariano. Sou obrigado a concordar.

Personagem no Templo

Personagem no Templo

Paulo no Templo

Paulo no Templo

Personagem das Ruas

Personagem das Ruas

Personagem das Ruas

Personagem das Ruas

À noite, não faltou um jantar típico com danças nepalesas em um restaurante local. O táxi, como sempre, me esperando na porta. Tudo muito barato e lindo.

O Workshop foi nota dez…

No Parque

No Parque

AMimento

Alimento nas ruas de Kathmandu