Posts Tagged ‘Mobilidade’

Em Lisboa, à Caminho do Continente Africano

Thursday, March 3rd, 2011

Novamente na estrada e, mais uma vez, de volta ao continente africano.

Vou trabalhar por um mês na Guiné-Bissau. Estou muito curioso, pois é uma país de língua portuguesa. O segundo país de língua portuguesa, fora o Brasil, onde trabalho. O primeiro foi o Timor Leste.

Caminhando por Lisboa

Caminhando por Lisboa - Lindo dia

Ante de chegar a Bissau, capital da Guiné-Bissau, fiz uma escala técnica em Lisboa, Portugal. Cheguei por volta do meio-dia de um domingo. O avião para a África partia somente às 10 horas da noite.
Aproveitei para desfrutar algumas horas na linda capital portuguesa, e que, segundo um amigo português, é a mais linda cidade do mundo, depois do Rio de Janeiro.

Fonte

Caminhando por Lisboa - Fonte

Bom, a primeira preocupação ao passar pela imigração e sair no saguão do aeroporto, foi o almoço. Peguei um táxi e fui para a região de Alcântara, onde fica a Taberna Ideal.

A Taberna  foi recomendação de uma amigo português, um especialista em cozinha, o qual conheci, há alguns anos atrás, no Timor Leste. O amigo já tinha feito a reserva e o meu lugar estava garantido na pequena e simpática Taberna.

Rua da Taberna Ideal

Rua da Esperança, onde fica a Taberna Ideal

A indicação não podia ser melhor. Frequentada por famílias de portugueses. O único turista era eu.
A comida deliciosa, o preço justo, o vinho ótimo. Saboreei um atum grelhado com ervas e batatas. Tudo na medida certa.
A simpática Taberna tem várias opções e o menu fica na parede, onde é atualizado diariamente, dependendo do que está disponível no mercado.

Taberna Ideal

Taberna Ideal

Depois da boa refeição, uma caminhada pelo centro de Lisboa aproveitando o lindo dia e o céu azul. Um café e de volta ao aeroporto.

Caminhando por Lisboa

Caminhando por Lisboa

Caminhando por Lisboa

Caminhando por Lisboa

Caminhando por Lisboa - Grafite

Caminhando por Lisboa - Grafite

À noite, embarquei para Bissau, para um voo de quatro horas. Curioso por chegar, não senti o cansaço da viagem que começara no dia anterior, no aeroporto de Viracopos, em Campinas.
Ao chegar a Bissau, ao passar pela imigração, paguei 85 euros pelo visto. Tudo certo, aguardei a minha bagagem junto à uma multidão de pessoas, passageiros, carregadores, militares, funcionários e uma freira brasileira, que mora já a quatorze anos na Guiné-Bissau. Ao sair do aeroporto, o motorista me aguardava com uma placa na mão onde estava escrito o meu nome.

Pelo caminho esburacado e escuro, cheguei ao hotel. Um bom começo de viagem, não é mesmo?

Fotos: Paulo Siqueira

Floripa e a Ilha da Magia

Wednesday, June 16th, 2010
Faz alguns dias que cheguei de Florianópolis.
Como sempre, foi um passeio excelente, cheio de energia familiar e cercado de muito carinho.
Gosto muito do Canto da Lagoa, das pessoas e da vida na “Ilha da Magia”.
Pensando na vida

Pensando na vida

Apesar do frio, num daqueles dia mágicos onde o sol brilha intensamente e o azul do céu ilumina os pensamentos, fiz uma linda caminhada que terminou no restaurante “Sol do Meio-dia”, tomando um suco “verde” e saboreando um almoço orgânico e vegetariano.

Brincando no Parque

Outro passeio bem interessante foi na feirinha da Lagoa, onde compramos produtos orgânicos, onde as crianças brincaram no Parquinho, e tudo com direito a bolo integral e um caldo de cana.
Feira Orgânica na Lagoa
Alimentos saudáveis e orgânicos

Alimentos saudáveis e orgânicos

Encontramos pessoas de alto astral, muito alegres e que levam a vida de uma forma mais alternativa e saudável.
Muito diferente do rítimo alucinado, do trânsito implacável e da poluição da minha amada Sampa.
A especulação imobiliária na Ilha é tremenda, mas tenho esperança que os “manézinhos”, como são conhecidos os locais, tenham consciência e elejam representantes políticos que se preocupem em preservar a qualidade de vida e não os interesse dos especuladores imobiliários. Parece uma luta perdida, mas ainda tenho muita fé na humanidade, nos jovens e nas energias positivas que cercam a ilha.

Sol da Terra, espaço cultural e bom restaurante

Outra excelente opção para refeições de qualidade na região da Lagoa, é o também vegetariano “Sol da Terra”. Tivemos um bom almoço, comida de qualidade e muito bom preço.
Chego em Sampa pensando sempre em voltar para Floripa, e ir ficando, ficando… e, para Sampa, não regressar mais.

Download do eBook Web 2.0 – Erros e Acertos – Um guia prático para o seu projeto

Friday, October 30th, 2009

Web 2.0 - Erros e Acertos - Um Guia para seu projeto

Já está disponível para baixar, gratuitamente, o eBook Web 2.0 – Erros e Acertos – Um guia prático para o seu projeto, de Paulo Siqueira.

A divulgação é parte de um processo colaborativo envolvendo mais de 80 blogs e o Twitter.  A licença é Creative Commons.

Este eBook tem o objetivo de transferir e campartilhar o conhecimento e as experiências acumuladas no desenvolvimento de um projeto para a web. É um relato prático e real, interessante para estudantes, professores, programadores, analistas, desenvolvedores, gerentes de projeto, executivos de Tecnologia da Informação, blogueiros, jornalistas de tecnologia, enfim, serve para qualquer pessoa que tenha curiosidade, interesse e que saber mais sobre como fazer ou como funciona um projeto para a Web.

Faça agora o download do eBook Web 2.0 – Erros e Acertos – Um Guia prático para o seu projeto.

Caso não consiga acessar o arquivo acima, experimente visualizar o eBook Web 2.0 – Erros e Acertos – Um Guia prático para o seu projeto online.

Paulo Siqueira, 53 anos, tem mestrado em Engenharia de Software pelo IPT. É professor universitário. Trabalha para a UNICEF, no Paquistão, como Gerente de TI. Trabalhou para Seven Networks International, UN-ICTY, Banco Mundial, IFES-USAID, UNDP-PAPP, UNV-PNUD e ICS-UNIDO, e Banespa-Santander, em diferentes lugares do mundo.

As ilustrações são de Orlando Pedroso, artista gráfico, colaborador da Folha de São Paulo, revistas da imprensa e livros infanto-juvenis.

O prefácio é de Gilson Schwartz, economista, sociólogo e jornalista, professor de Iconomia no Curso Superior do Audiovisual e coordenador do grupo de pesquisa Cidade do Conhecimento da USP (www.cidade.usp.br).

Estão participando do lançamento do Web 2.0 – Erros e Acertos – Um guia prático para o seu projeto, os seguintes blogs:
Irradiando Luz, Dossiê Alex Primo, Não Zero, UsuárioCompulsivo, Nerds Somos Nozes, Dicas Blogger, Zerotrack, Blog de Seo e Webstandards, iceBreaker, Luz de Luma, yes party!, Vivo Verde, Cova do Urso, Grãos de Areia pelo Infinito, atblog, DE Consulting, Nota Zer0!, TecnoCT, Leitura na Tela, Antes da HORA, Tecnologias digitais e Educação, Tecnologias, Educação e algo mais…, Virtual Z1, Uhu, galera!…, Blog do Carlos Fran, Blog do Locoselli, Blog de Renato Salles, Lua internauta, Mundo Desbravador, Fonte de Alegria, Lar da Veterinária, Origine Italiana, Arthur Araujo, Luana Giampietro, Blog do Zemarcos, blog EJM, Notícia e blog, Mídia Boom, [In]Commun Séries, Blogando com Vc!, Grupo NGJ, Voxtopia, pribi.com.br, Blog da Mari Rocha, Unidade Avançada, Blog Windows Brasil, Preparando a Redação, Usuário Nokia, Léo.Lopes – Portfólio, Blog do Netmind, Sylvester Stallone Brasil, Códigos Blog, Brasil Critical, Security Total, Ricardo Campos: Reflexione, Actividade, Açaí Grosso, Muleque Doido, Ernandes Rodrigues, cajuinas, Educação a Distância, WebGringos, Fruição e Escrita, Informática Desvendada, Midlife, Popzei!, Berdades da Boca P’ra Fora, My Percepções, Liso-Sapiens, Blogger Pessoal, Neurônio 2.0, Vondeep, The worst kind of thief, Thiago Antonio, Marcus Monteiro, Franquia Empresa, Blog Mídias Sociais, Abre Aspas, Chronus Blog, Sedentarismo Intelectual, PopNutri.

Agradecemos imensamente a todos os apoiadores e parceiros desta iniciativa.

Saiba mais sobre o eBook Web 2.0 – Erros e Acertos

Wednesday, October 28th, 2009

Web2.0 - Erros e Acertos

No eBook Web 2.0 – Erros e Acertos – Um Guia prático para o seu projeto Paulo Siqueira explica, em linguagem clara e didática, como concebeu, desenvolveu e colocou em prática um projeto para a Web, passando pelo planejamento, programação, publicidade online e finalmente a execução.

No início de 2009, depois de “brincar” com o Twitter e se familiarizar com a plataforma, Paulo começou a investigar as possibilidades de desenvolver um aplicativo que permitisse que qualquer pessoa pudesse enviar um SMS com a sua tuitada. Nascia assim o “digi.to“.

Em pouco menos de duas semanas, Paulo Siqueira desenvolveu um protótipo, registrou os domínios para o site, publicou e disponibilizou o serviço em três línguas: português, espanhol e inglês.

A história da Internet, ainda que recente, está coalhada de bons e maus exemplos de produtos e serviços que não deram certo. O “digi.to“, assim como próprio Twitter, não é um produto economicamente lucrativo. Mas Paulo Siqueira considera o projeto “digi.to um grande acerto. Foi uma experiência importante, pois possibilitou que ele conhecesse os detalhes de um aplicativo que interage com as redes sociais na Internet, aprendesse com isto e, principalmente, entendesse as necessidades, as dificuldades e as limitações de projetos colaborativos desenvolvidos para a Web.

O eBook Web 2.0 – Erros e Acertos – Um Guia prático para o seu projeto é uma compilação dos aprendizados do autor com a Web 2.0, servindo de auxílio para visionários, planejadores, estrategistas, técnicos, empreendedores, marketerios, desenvolvedores, idealizadores, estudantes e todos aqueles que contribuem para que a Internet seja o que é, dinâmica e imprevisível.

O lançamento do eBook acontece no dia 30 outubro de 2009 pelo blog do autor http://blog.exadigital.com.br. A divulgação é parte de um processo colaborativo. A licença é Creative Commons.

Paulo Siqueira, 53 anos, tem mestrado em Engenharia de Software pelo IPT. É professor universitário. Trabalha para a UNICEF, no Paquistão, como Gerente de TI. Trabalhou para Seven Networks International, UN-ICTY, Banco Mundial, IFES-USAID, UNDP-PAPP, UNV-PNUD e ICS-UNIDO, e Banespa-Santander, em diferentes lugares do mundo.

As ilustrações são de Orlando Pedroso, artista gráfico, colaborador da Folha de São Paulo, revistas da imprensa e livros infanto-juvenis.

O prefácio é de Gilson Schwartz, economista, sociólogo e jornalista, professor de
Iconomia no Curso Superior do Audiovisual e coordenador do grupo de pesquisa Cidade do Conhecimento da USP (www.cidade.usp.br).

eBook Web 2.0 – Erros e Acertos no Twitter

Wednesday, October 28th, 2009

O lançamento do eBook Web 2.0 – Erros e Acertos – Um Guia prático para seu projeto acontecerá em um processo colaborativo envolvendo mais de 80 blogs e o Twitter na próxima sexta-feira, dia 30/10/2009, a partir das 10h (GMT-3).

Para participar do lançamento do eBook no Twitter, basta adicionar @psiqueira, @gilsonschwartz e @gabrieldread e publicar suas mensagens com a hashtag (marcador) #eBook20.

Além disso, o site digi.to está com uma “transmissão ao vivo” (Live Stream) de todas as postagens no Twitter com a hashtag #eBook20. Você pode também utilizar o digi.to como encurtador de URL.

Caso não saiba utilizar o Twitter, recomendamos a leitura do eBook “Tudo o que você precisa saber sobre Twitter (você já aprendeu em uma mesa de bar)”, organizado por Juliano Spyer.

FAQ: Lançamento colaborativo do eBook Web 2.0 – Erros e Acertos

Thursday, October 22nd, 2009
Web 2.0 - Erros e Acertos - Um Guia para seu projeto

Web 2.0 - Erros e Acertos - Um Guia para seu projeto

O eBook Web 2.0 – Erros e Acertos – Um Guia Prático Para o Seu Projeto será publicado sob a licença Creative Commons. O lançamento será realizado de forma colaborativa por diversos blogs e sites e pelo Twitter.

Todos os blogs participantes serão apresentados no eBook com logo e link, na página destinada aos apoiadores.

Este processo está sussitando algumas dúvidas.  Preparamos então um FAQ – Perguntas mais freqüentes (com respostas):

Como participar do lançamento colaborativo?

É muito simples! Basta:

1-Inscrever-se no lançamento colaborativo;

2-Divulgar o eBook com uma postagem no seu blog no dia 30 de Outubro.

No dia 30 de Outubro, além de publicar uma postagem no seu blog, você pode apoiar o lançamento pelo Twitter a partir das 10:00 (GMT-3). Para isso, siga @psiqueira e @gabrieldread.

O que a postagem do dia 30 de Outubro deve conter?

O texto usado no post é livre, mas você também receberá um material que poderá usar (imagens, etc).

No entanto, você terá que inserir no rodapé do post, um parágrafo em letra pequena conteúdo os links de todos os blogs participantes do lançamento simultâneo (é claro, você também será linkado em todos os outros posts relativo ao lançamento do ebook). O código deste parágrafo com os links dos blogs participantes também será enviado junto com o material de divulgação.

Você receberá uma cópia do eBook antecipadamente, mas só poderá divulgá-la na data determinada.

O que você pode fazer ANTES do dia 30 de Outubro para ajudar no lançamento colaborativo?

“Quando devo fazer minha postagem? No dia 30 de Outubro ou AGORA?”

A postagem “obrigatória” para aqueles que aderiram deve ser publicada no dia 30 de Outubro, data do lançamento oficial. Mas nada impede os interessados em divulgarem, da maneira que bem entenderem, o lançamento colaborativo ANTES do dia 30, ou seja: AGORA.

Veja também o Press Release eBook Web 2.0 – Erros e Acertos.

Para participar informe seus dados clicando aqui…

Blogs participantes do lançamento do eBook Web 2.0 – Erros e Acertos

Thursday, October 22nd, 2009

Blogs e sites confirmados:
Irradiando Luz
Dossiê Alex Primo
Não Zero
UsuárioCompulsivo
Nerds Somos Nozes
Dicas Blogger
Zerotrack
Blog de Seo e Webstandards
iceBreaker
Luz de Luma, yes party!
Vivo Verde
Cova do Urso
Grãos de Areia pelo Infinito
atblog
DE Consulting
Nota Zer0!
TecnoCT
Leitura na Tela
Antes da HORA
Tecnologias digitais e Educação
Tecnologias, Educação e algo mais…
Virtual Z1
Uhu, galera!…
Blog do Carlos Fran
Blog do Locoselli
Blog de Renato Salles
Lua internauta
Mundo Desbravador
Fonte de Alegria
Lar da Veterinária
Origine Italiana
Arthur Araujo
Luana Giampietro
Blog do Zemarcos
blog EJM
Notícia e blog
Mídia Boom
[In]Commun Séries
Blogando com Vc!
Grupo NGJ
Voxtopia
pribi.com.br
Blog da Mari Rocha
Unidade Avançada
Blog Windows Brasil
Preparando a Redação
Usuário Nokia
Léo.Lopes – Portfólio
Blog do Netmind
Sylvester Stallone Brasil
Códigos Blog
Brasil Critical
Security Total
Ricardo Campos: Reflexione
Actividade
Açaí Grosso
Muleque Doido
Ernandes Rodrigues
cajuinas
Educação a Distância
WebGringos
Fruição e Escrita
Informática Desvendada
Midlife
Popzei!
Berdades da Boca P’ra Fora
My Percepções
Liso-Sapiens
Leonardo da Mata
Neurônio 2.0
Vondeep
The worst kind of thief
Thiago Antonio
Marcus Monteiro
Franquia Empresa
Blog Mídias Sociais
Abre Aspas
Chronus Blog
Sedentarismo Intelectual
PopNutri
Minimalismo
Dona Zion

Coincidência…

Saturday, August 29th, 2009
Acho que não estou fazendo sucesso com o Blog do Paquistão. Não achei meu público ainda, mas sei que ele está por ai. Estou me esforçando bastante. Espero que o pessoal mais cabeça apareça. Bom, na verdade, já estão aparecendo. Meus velhos amigos estão comentando as postagens, e isso é bem legal.
Muitas saudades de todos, da família e dos amigos. Nada como ir na padaria de manhã cedo, comprar uma pãezinhos quentinhos, e depois comê-los com um bom café brasileiro.
Nestas horas a gente sente, realmente, o que é estar fora da sua casa, da sua cultura e longe da sua língua.
coincidência  ou não, hoje fiz uma chat com a, minha sobrinha que mora na Holanda. Não cito o seu nome porque não pedi a autorização.
Ela me disse que está cada vez mais ligada em São Paulo e no Brasil.
Conexão? Conectados?
Ela acha que sim. Há muito tempo a gene não se falava. Hoje ela me chamou. E tivemos uma boa conversa.
coincidência? Eu acho que não.

Acho que não estou fazendo sucesso com o Blog do Paquistão. Não achei meu público ainda, mas sei que ele está por ai. Estou me esforçando bastante. Espero que o pessoal mais cabeça apareça. Bom, na verdade, já estão aparecendo. Meus velhos amigos estão comentando as postagens, e isso é bem legal.

Muitas saudades de todos, da família e dos amigos. Nada como ir na padaria de manhã cedo, comprar uma pãezinhos quentinhos, e depois comê-los com um bom café brasileiro.

Nestas horas a gente sente, realmente, o que é estar fora da sua casa, da sua cultura e longe da sua língua.

Coincidência  ou não, hoje fiz uma chat com a minha sobrinha que mora na Holanda. Não cito o nome dela porque não pedi permissão.

Ela me disse que está cada vez mais ligada em São Paulo e no Brasil.

Conexão? Conectados?

Ela acha que sim. Fazia muito tempo a gente não se falava. Hoje ela me chamou. E tivemos uma boa conversa.

Coincidência? Eu acho que não…

Conflito Religioso gera mais violência!

Monday, August 3rd, 2009

De volta ao Paquistão depois de 30 horas de viagem e 10 dias muito bons em São Paulo.
Foi ótimo ver a família e os amigos. Matei a saudade da comida brasileira e descansei bastante – muita chuva e frio ajudaram.
Hoje, quando entrei em casa, em Islamabad, no Paquistão, lindas flores esperavam por mim. Foi uma boa e alegre surpresa depois de uma canseira no aeroporto. Uma “big” fila na imigração e depois mais uma hora até a minha mala aparecer.
A minha empregada trouxe o jornal “Dawn“, do qual sou assinante, para eu ler. Ela é cristã e está preocupada com a situação por aqui. A notícia principal do jornal era sobre mais um conflito interno. Não bastassem todos os problemas que os paquistaneses enfrentam, parece que o conflito religioso pode se aprofundar. Na região de Faisalabad, em Gojra, onde moram os pais da minha empregada, a violência contra a comunidade cristã gerou sete mortes, incluindo crianças. Todos foram queimados vivos em suas casas por uma turba enfurecida. A causa foi um problema de desrespeito ao “Sagrado Corão” durante uma cerimônia de casamento. Foram dois dias de violência onde dezenas de casas foram queimadas.
A polícia já efetuou várias prisões, mas tudo aqui parece um barril de pólvora, prestes a explodir. O comentário era que ainda bem que os cristãos não retaliaram com violência. Promoveram somente protestos pacíficos pedindo justiça.

Enterro cristão para as vítimas do conflito

Enterro cristão para as vítimas do conflito - Dawn / AP photo

Tecnologia da Informação, Bombas, Ataques Suicidas e Um Dia Triste…

Monday, July 6th, 2009

A Célia, minha companheira, comentou comigo que eu devia escrever sobre o lado mais divertido do meu trabalho e não sobre coisas tristes. Acho que ela tem toda razão, mas acho importante comentar sobre a realidade a minha volta, por mais difícil que possa ser.

Na terça-feira, 9 de junho, por volta dez e meia da noite, quando me preparava para dormir, o meu celular tocou. Era de um funcionário do meu escritório em Islamabad e que ja havia trabalhado no escritório da UNICEF, em Peshawar. Peshawar é uma cidade que fica a cerca de duas horas de Islamabad  e é onde se encontra o maior número de campos de refugiados.

Na semana anterior eu tinha ido a Peshawar, onde fiz uma visita aos Campos de Refugiados (leia na postagem anterior), ao escritório do WFP (World Food Program), e ao nosso escritório regional. O objetivo era levantar dados sobre a situação de Telecomunicações – voz e dados na região. Também encontrei com um representante do grupo “Télécoms Sans Frontière – TSF”,  que é uma ONG que trabalha no suporte a emergências em todo o mundo, na área de telecomunicações.

Voltando ao telefonema, era para me avisar que uma explosão tinha acabado de ocorrer no Hotel Peshawar Pearl Continental.

Hotel Peshawar Pearl Continental depois do atentado

Hotel Peshawar Pearl Continental depois do atentado

A explosão foi em decorrência de uma ataque suicida, onde algumas pessoas entraram atirando, invadiram o estacionamento com uma camionete cheia de explosivos e se detonaram. A UNICEF tinha duas pessoas hospedadas lá e nosso pessoal da área de segurança estava tentando se comunicar com elas no hotel. Queriam saber se tínhamos algum número de contato. Desde que cheguei ao Paquistão fiquei hospedado na casa do Chefe de Operações da UNICEF. Por causa disto, o telefone dele não parava de tocar. Informei sobre explosão. Ele também recebeu um telefonema avisando. Consegui o número do telefone de nossa funcionária e passei adiante a informação.

Assim que desliguei, lembrei-me do rapaz da ONG TSF. Ele estava hospedado no mesmo hotel. Na semana anterior, quando fui a Peshawar, terminado nosso trabalho, passei pelo hotel para deixá-lo. Passamos pela segurança, um breve revista no carro. Examinam o carro por baixo, com um espelho, abrem o capô, verificam o motor. É para ver se não existe nenhum explosivo no carro. Rotina comum por todo lado aqui no Paquistão.

Peguei o celular e ligue o número do Oisin. Para minha surpresa, ele atendeu.

– Paulo, Paulo, estou ferido mas estou vivo, estou vivo, ele gritava, entre histérico e aliviado. Eu podia ouvir gritos e muito barulho. Perguntei se ele precisa de apoio e que estava à sua disposição. Ele me disse que estava bem, mas muito assustado. Me falou do colega do WFP que também estava no hotel. Ele está bem, ele também está bem. Perguntei a ele se sabia do nosso pesssoal e ele me disse que não. Oisin foi foi removido para a delegacia de polícia e depois para Islamabad.

O rapaz do WFP me depois mandou um email agrececendo o apoio e me contou que ele só sobreviu porque tinha acabado de ir ao banheiro. Isto salvou a vida dele uma vez que o seu quarto ficou totalmente destruído.

Deixei o trabalho para  o pessoal especializado da ONU – não queria atrapalhar – e a coisa toda estava muito confusa. Infelizmente nenhuma notícia do pessoal da UNICEF. Ligamos a TV e ficamos assisindo cenas do hotel destruído, chocados.

Às duas e meia da manhã recebi um telefonema avisando que o corpo de nossa companheira havia sido encontrado. Já a outra moça, foi encontrada com vida, mas estava bastante machucada e com estilhaços de vidro por todo o corpo, estava sendo removida para o hospital. Sofreu várias cirurgias.

O dia seguinte foi difícil no escritório. Bem em frente a minha sala, ficava a sala da companheira que morreu, ela era chefe da área de educação. Difícil olhar para a frente, ver a sala vazia e fechada, e flores depositadas junto à porta.

Morreram 18 pessoas no ataque suicida.  Entre eles a funcionára da UNICEF e um rapaz da UNCHR (especialista em TI). A vida de um técnico em tecnologia da informação também pode ser perigosa.

A ONU ampliou as medidas de segurança e removeu todo o pessoal internacional de Peshawar. Em hotel no Paquistão não me hospedo mais.